26 de março de 2013

Vida (in)certa, amores (in)perfeitos


                             

Era uma noite típica de inverno, Gabe olhava pela janela do apartamento apreciando cada detalhe daquela cidade, luzes reluzentes em cada canto e um silêncio que lhe trazia paz. Luce, sua namorada, havia acabado de sair do banho, andou em direção a Gabe que ainda estava absorto em pensamentos, mal se deu conta de Luce se aproximara.
- Posso saber o que se passa aí dentro? – Perguntou ela, apoiando o queixo em seu ombro.
- Estava pensando em nós... – Respondeu dando um meio sorriso. Luce arqueeou a sobrancelha em dúvida, quis saber o que tanto pertubava a mente de Gabe. – Será que que daqui a uns dez anos estaremos juntos? – Luce respirou fundo e tentou responder a pergunta de Gabe.
- Gabe, eu sinceramente não sei, mas eu espero que sim, eu quero estar ao seu lado daqui a dez, quinze, trinta anos. Quero casar com você, ter filhos... Quero dividir uma vida com você e te fazer feliz a cada dia. – Segurou a mão de Gabe entrelaçando seus dedos aos dele e sorriu.
- A vida é tão incerta, tenho medo de te perder, seja lá qual for o motivo, nesses dois anos aprendi muito com você Luce, você me deu motivos para querer ser melhor a cada dia, você acreditou que eu poderia ir mais além quando ninguém mais fez isso. Você lutou por mim, sabe o quanto serei grato a você por isso? – Gabe a encarava, seu olhar era intenso e brilhava feito as luzes espalhadas pela cidade, que agora servia de cenário para aquela típica conversa de casal. Uma conversa sobre o futuro que eles desejavam viver a dois.
- Eu acreditei porque consegui enxergar muito além da sua aparência, eu quis te decifrar, saber cada detalhe seu, eu quis te entender por completo e eu lutei por você porque eu sempre soube que valeria a pena, olhe em volta Gabe, veja tudo o que você construiu, veja quanta diferença você faz na vida daqueles que te amam. – Luce sempre soube que não seria fácil fazer Gabe enxergar além da vida medíocre que levava, inúmeras madrugadas perdidas em festas regadas a álcool e drogas, diversas brigas com os pais ao chegar em casa e ouvi-los reclamando de que nunca seria alguém na vida se continuasse daquele jeito, nada mais importava na vida de Gabe, ele desejava apenas ser livre. Livre para cometer erros sem ser julgado, porém as coisas não funcionavam dessa forma. Jamais funcionariam dessa forma.
- Eu não sei o que seria de mim hoje se você não tivesse aparecido no meu caminho, eu não teria nada disso se você não estivesse por perto.
- Eu acredito que tudo tem um propósito, então eu acho que eu estava destinada a te encontrar e te fazer ver a vida de outra forma. – Disse ela passando os dedos de leve no rosto do namorado, admirando cada detalhe de sua face.
- E eu estava destinado a que? – Gabe questionou como se Luce pudesse lhe dar todas as respostas corretas. Talvez ela pudesse, talvez.
- Você estava destinado a me fazer feliz Gabriel, a me fazer entender que quando amamos uma pessoa, não importa quantos sejam seus defeitos, nos esforçaremos para que as qualidades sempre se sobressaiam, e por mais que ela cometa erros, estaremos bem alí ao lado para ajudá-la a consertar. Eu jamais desistiria de você, porque é você quem dá sentido a minha existência e tudo o que eu ainda tenho para viver, quero dividir com você.
Luce sentia seu coração estilhaçar cada vez que pensava em como seria viver sem Gabe ao seu lado, realmente era como se nada fizesse muito sentido. Quem iria fazê-la dar risadas até nas horas mais impróprias? Quem a acordaria no meio da madrugada com uma ligação apenas para ouvir sua voz? Quem a faria se sentir a menina mais amada do mundo? É, de fato ela não conseguiria mais imaginar estar em um mundo onde Gabe não estivesse. Luce havia feito uma escolha quando resolveu entregar seu coração a ele.
- Esse é um dos momentos que eu não farei questão de apagar da memória, quero sempre lembrar de nós dois tendo essas conversas sobre nosso futuro e sobre como mudamos um a vida do outro.
Luce aproximou-se de Gabe, deixando todos os sentimentos tomarem conta, fechou os olhos, entrelaçando seus braços em volta do pescoço dele, como ela adorava inalar o perfume dele, Luce e Gabe apenas queriam sentir a presença um do outro, tentando guardar todos os detalhes possíveis na memória, afinal dali a algum tempo, seriam apenas lembranças. Boas lembranças.
- Eu te amo Gabe!
- Eu te amo Luce!
E assim fora o resto da noite, não deveria mais existir nenhuma dúvida de que eles haviam sido feitos um para o outro, não importava o que aconteceria dalí para frente, eles estaria juntos. Para sempre juntos.


Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Que lindo !
    Amei haha

    beijos

    http://deliriosdeumcloset.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Post super romântico hoje, =p

    Blog: www.kaahmenezes.com
    Fã page: www.facebook.com/kaahmenezes1

    ResponderExcluir
  3. Ooi flor, adorei seu blog e tô seguindo..


    http://por-todaparte.blogspot.com.br/ segue tbm :D

    ResponderExcluir
  4. Amei o texto, cada dia melhor!

    www.cindereladementira.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa A-D-O-R-E-I! Me identifiquei, todo mundo sonha com isso 8)
    Linda amei seu blog e já estou seguindo!

    Beijinhos ♥

    navycupcake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. onw, que fofo :3
    cuurti de mais a história, beijos ♥

    http://alinebencke.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Te indiquei pra uma tag, vem ver *-*


    http://por-todaparte.blogspot.com.br/2013/03/tag-conhecendo-um-pouco-mais.html

    ResponderExcluir
  8. Te indiquei pra uma tag, vem ver *-*


    http://por-todaparte.blogspot.com.br/2013/03/tag-conhecendo-um-pouco-mais.html

    ResponderExcluir
  9. Lindo o texto flor!
    Já estou te seguindo :)

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  10. O amor é a certeza de está junto para sempre .

    http://iasmincruz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Vou amar ler todos os comentários postados aqui no blog, respondei todos assim que puder, agradeço sua visita :)


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©